Os fatores-chave para alcançar os 100 anos, segundo estudo com chineses

Esse estudo revelou os principais fatores que contribuem para a longevidade e como alcançar os 100 anos com saúde. Descubra quais são esses elementos essenciais.

A expectativa de vida tem aumentado consideravelmente nas últimas décadas devido aos avanços tecnológicos e na área da saúde. No entanto, atingir a marca dos 100 anos ainda é um feito raro para a maioria das pessoas. Mesmo assim, existem centenários vivos que nos fazem questionar quais são os segredos para uma vida longa e saudável.

Um estudo publicado na revista científica JAMA Network Open analisou dados do Chinese Longitudinal Healthy Longevity Survey (CLHLS), uma pesquisa que acompanha a saúde e o estilo de vida de idosos na China. A partir das informações coletadas de cinco mil adultos com 80 anos ou mais, incluindo centenários, foram identificados os fatores-chave para chegar aos 100 anos de forma saudável.

Fatores determinantes para alcançar a longevidade


“Não fumar”

Um dos fatores-chave mais significativos para atingir os 100 anos é evitar o tabagismo. O cigarro é conhecido por causar diversas doenças que reduzem significativamente a expectativa de vida, como problemas cardíacos, câncer e doenças pulmonares.

“Exercícios físicos regulares”

A prática regular de exercícios físicos é outro elemento essencial para a longevidade. Os exercícios ajudam a manter o corpo saudável e forte, melhoram a função cardiovascular e auxiliam na prevenção de doenças crônicas.

“Dieta variada”

Manter uma dieta rica em nutrientes e variada é outro fator determinante para chegar aos 100 anos. O estudo mostrou que aqueles que consumiam uma variedade de alimentos, especialmente aqueles ricos em vitaminas e minerais, tinham maior probabilidade de viver mais tempo, incluindo frutas, verduras, grãos integrais e proteínas magras.

Resultados do Estudo


Uma análise realizada em 1.454 centenários e 3.768 idosos com menos de 100 anos mostrou que aqueles com pontuações mais altas em um índice de estilo de vida saudável, que considerava fatores como o tabagismo, exercícios, dieta e IMC, tinham maior chance de alcançar os 100 anos.

Enquanto 25% das pessoas com pontuações mais baixas chegaram aos 100 anos, cerca de 32% daqueles com pontuações mais altas atingiram essa marca. Mesmo entre os centenários que afirmaram ter um bom estado de saúde, os resultados foram consistentes, demonstrando que um estilo de vida saudável tem um impacto duradouro na saúde e longevidade, independentemente de outras variáveis.

É fundamental promover esses comportamentos saudáveis entre os idosos para aumentar as chances de alcançar os 100 anos. Para mais informações, consulte a fonte: Veja

Imagens: Istoé, Folha de São Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Em 2024, o vulcão Etna registrou uma série de erupções que resultaram em um aumento significativo em sua atividade. Desde então, observadores têm testemunhado um contínuo crescimento da montanha, com emissões de cinzas e lava que têm impactado a região ao redor. Especialistas em vulcanologia estão monitorando de perto a situação, em alerta para possíveis novas erupções e seus possíveis efeitos na área circundante. A comunidade local também está atenta e se preparando para lidar com quaisquer cenários possíveis que possam surgir.

  1. Demonstrar conhecimento através de gestos e postura corporal
  2. Ter um olhar atento e expressivo durante uma conversa
  3. Mostrar interesse em aprender e se atualizar constantemente
  4. Ter habilidade para resolver problemas de forma rápida e eficiente
  5. Utilizar linguagem corporal confiante e assertiva
  6. Demonstrando empatia e compreensão nas interações com os outros
  7. Ter um bom domínio de assuntos variados e ser capaz de contribuir de forma inteligente para as conversas
  8. Mostrar criatividade e originalidade em suas ideias e soluções.