Estudo aponta que combinação de bebidas energéticas com álcool pode prejudicar a função cerebral.

Estudos recentes realizados em ratos mostraram que a combinação de bebidas energéticas com álcool pode provocar complicações a longo prazo na função cognitiva, aumentando as preocupações sobre os hábitos de consumo dos jovens adultos.

 

O risco de misturar bebidas…

O estudo realizado por uma equipe da Universidade de Cagliari e da Universidade de Catania, na Itália, mostrou que ratos adolescentes do sexo masculino que consumiram álcool, bebidas energéticas ou uma combinação de ambos apresentaram alterações duradouras na função cognitiva. Foram realizados exames cerebrais e testes comportamentais até 53 dias após o consumo para avaliar essas alterações.

Os resultados indicaram que os animais que ingeriram as bebidas mistas demonstraram mudanças duradouras em sua capacidade de aprendizagem e memória, assim como alterações na região do hipocampo do cérebro – a área responsável pela aprendizagem e memória.

Pouco se sabe sobre os efeitos a longo prazo na função cerebral decorrentes do consumo combinado dessas bebidas durante a adolescência, levantando preocupações sobre os riscos desse hábito para o desenvolvimento do cérebro.

conforme relatado pelos pesquisadores.

É evidente que tanto o álcool quanto as bebidas energéticas são populares entre os jovens por diversas razões – desde festas noturnas até sessões de estudo noturnas – e os resultados deste estudo sugerem que esses hábitos podem acarretar danos a longo prazo.

Particularmente, parece que a plasticidade do hipocampo pode ser afetada, prejudicando a capacidade do cérebro de se adaptar e mudar em resposta a novas informações e demandas. Essa é uma função vital para o correto funcionamento cerebral.

Representação do cérebro sob drogas psicadélicas

 

Problemas não apenas a curto prazo, mas a longo prazo

Embora os ratos que consumiram álcool e bebidas energéticas inicialmente tenham mostrado um aumento em algumas métricas e funções cerebrais – incluindo um aumento de uma proteína que estimula o crescimento dos neurônios – esses benefícios não se mantiveram e, com o tempo e até a idade adulta, houve de fato uma redução na capacidade cerebral.

Nossos resultados indicam que o consumo de álcool misturado com bebidas energéticas durante a pré-adolescência resulta em alterações adaptativas no hipocampo em nível eletrofisiológico e molecular, associadas a mudanças comportamentais, que já são observáveis durante a adolescência e persistem na idade adulta.

conforme afirmado pelos pesquisadores.

Ainda é necessário confirmar esses resultados em estudos com seres humanos, e é provável que existam diferenças entre os sexos devido a interações hormonais que não foram exploradas neste estudo. No entanto, os achados sugerem que as preocupações com a saúde relacionadas às bebidas energéticas são válidas. O álcool apresenta diversos impactos na saúde, e é senso comum que a combinação significativa dos dois não é a melhor opção.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Em 2024, o vulcão Etna registrou uma série de erupções que resultaram em um aumento significativo em sua atividade. Desde então, observadores têm testemunhado um contínuo crescimento da montanha, com emissões de cinzas e lava que têm impactado a região ao redor. Especialistas em vulcanologia estão monitorando de perto a situação, em alerta para possíveis novas erupções e seus possíveis efeitos na área circundante. A comunidade local também está atenta e se preparando para lidar com quaisquer cenários possíveis que possam surgir.

  1. Demonstrar conhecimento através de gestos e postura corporal
  2. Ter um olhar atento e expressivo durante uma conversa
  3. Mostrar interesse em aprender e se atualizar constantemente
  4. Ter habilidade para resolver problemas de forma rápida e eficiente
  5. Utilizar linguagem corporal confiante e assertiva
  6. Demonstrando empatia e compreensão nas interações com os outros
  7. Ter um bom domínio de assuntos variados e ser capaz de contribuir de forma inteligente para as conversas
  8. Mostrar criatividade e originalidade em suas ideias e soluções.